Pena on the road em Santa Catarina

Uma viagem ao sul do país pode ser considerada como uma das melhores surf trips do mundo. Conhecer o litoral de Santa Catarina praticando Kite, Sup e Surf é uma experiências que qualquer boardrider precisa ter. A costa, além de um beleza incrível, é abençoada com excelentes ondas, ventos, praias, montanhas e lagoas que te convidam a interagir em perfeita harmonia com a natureza.

Com intenção de conhecer e captar boas imagens partimos para uma expedição entre Floripa e Garopaba. O objetivo era explorar e vivenciar o potencial da região praticando esportes.

resized-big-15_1

Gustavo Foerster em Ibiraquera.

#Garopaba

Nossa base em Garopaba foi na casa de Ludmila Cançado, professora de Yoga e surfista local da região. Seu lifestyle mostra bem como vivem as pessoas por aqui, trabalham com o que gostam e surfam sempre que possível. Em seu espaço no centro da cidade ela fornece aulas de Yoga, sessões de Reiki, encontros e cursos para saúde física e espiritual.

Logo na chegada fomos recebidos por um grande swell na Praia do Rosa, um pico clássico nacional. Uma baía com ondas perfeitas e tubulares que quebravam em longos intervalos. Perfeito para aprimorar sua linha de SUP em ondas grandes, mas que na beira rodavam forte. Muita adrenalina nos intervalos da série e uma sessão histórica registrada. Nosso anfitrião nas ondas foi o atleta Maurício Pedreira, que nos mostrou os melhores points e as melhores condições para cada esporte.

resized-big-17_1

Gustavo e Maurício Pedreira

Depois fomos conhecer a Praia da Ferrugem, uma ótima opção pra surfar boas ondas com um canal para entrar. O Canto Sul foi a nossa opção para se divertir, e assim conhecendo mais um pico na expedição.

Na sequência o vento virou para NE e soprou forte, com isso era hora de ir para Ibiraquera, um dos melhores picos de kitewave do Brasil. Palco de eventos clássicos de SUP, Wind e Kite, o local é um verdadeiro parque nacional para esportes de prancha. Presenciamos bons dias para Kitesurf e SUP, com um visual indescritível no fim do dia.

resized-big-10_4

Velejo de vento sul na Praia do Campeche em Floripa

#Floripa

Após alguns dias em Garopaba, partimos para Floripa para fazer o reconhecimento. A cidade é simplesmente sensacional, com morros, lagoas, lindas praias, guarda marinas por todo lado, restaurantes e diversas opções de esporte ao ar livre. Floripa te convida a se divertir, e foi isso que fizemos.

Nossa base foi na casa do Zaga Gonzaga, vice-campeão brasileiro de kitewave. Zaga, que além de atleta possui uma escola de kite/surf/sup e morar na região da Barra da Lagoa, é um waterman experiente e nos mostrou a Lagoa da Conceição com sua lancha. Toda a região de Floripa tem diversos picos como Praia Mole, Joaquina, Campeche e sempre tem uma boa opção dependendo do vento (quadrante Norte ou Sul).

resized-big-12_4

Zaga Gonzaga

O lugar escolhido para o velejo foi o mais clássico para o kitewave na região: O Pico do Riozinho, no Campeche. Aqui pude encontrar grandes amigos do kite como Dudu Schultz, Testa, Torero, Sebastian Ribeiro, Roberto Veiga, Thiago Almeida, Miguel Barreto, entre outros novos amigos que o kite está sempre te trazendo.

Floripa tem uma energia intensa de cidade grande com um clima tranquilo de uma região de praia.

O clima dessa época do ano já está ficando frio e pra quem não é muito acostumado, pode se tornar um desafio.

Algumas dicas para quem pretende ir a Santa Catarina:

Melhor época:

Fim do verão, entre Fevereiro a Maio, para pegar a região menos lotada e com mais ondas. Boas condições para surf entre Julho e Setembro. Boas condições para o Kite entre Setembro a Maio, até o fechamento das praias para a pesca da Tainha.

Ventos:

Floripa e Garopaba possui bons dias de vento o ano todo, basta ficar de olho na previsão. Vento Sul melhor em Floripa(Riozinho) / Vento N ou NE melhor pra Garopaba (Ibiraquera). Trazer no mínimo 2 kites, 6 e 8, ou 7 e 9. Nos dias fortes o vento passa dos 30 knots fácil.

Frio:

Traga boas roupas de borracha pois o frio é intenso. Swell com vento sul é pra congelar o corpo. Andar sempre aquecido ajuda a manter o corpo bem e disposto para enfrentar as ondas.

Respeite a cultura surf da região, muita gente pega onda e os picos estão sempre cheio de locais. NO geral todo mundo é amistoso com quem sabe chegar. Respeite as normas da pesca da Tainha para evitar desgaste com os pescadores.

Santa Catarina é um estado abençoado, com excelentes condições para esportes de prancha. Não é a toa que é um celeiro de grandes atletas. Como profissional, é essencial estar conectato com lugares como esse para aprender ainda mais sobre o oceano e as forças da natureza.

Seguimos explorando a região e em breve vamos divulgar 2 episódios em vídeo sobre o projeto OnTheRoad, desbravando as praias de Floripa e Garopaba.

Aloha,

Gustavo Foerster

[doptg id=”176″]

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário